Executivos otimistas com desempenho dos negócios no segundo semestre


O segundo semestre de 2020 parece que será um período de recuperação dos negócios. Pelo menos, essa é a percepção dos executivos brasileiros. Nada menos que 30% dos decisores empresariais acreditam que o desempenho de suas organizações vai crescer nos próximos seis meses e 58% acham que vai pelo menos se manter no mesmo nível.

Questionados sobre quais foram as medidas que tomaram para enfrentar a queda de demanda durante a quarentena em razão da pandemia Covid-19, os executivos responderam que a principal delas foi a renegociação de contratos, com 50% de menções. “Isso demonstra que as empresas buscaram uma redução de custo imediata frente à retração do mercado”, explica José Guilherme Sabino, sócio-fundador da Assertif

A segunda medida mais tomada para cortes de custos foi a redução de pessoal, com 42% das respostas. Em seguida, vieram o corte de fornecedores (24%), a desmobilização de instalações (20%) e a diminuição de dividendos (18%). “As respostas dos executivos revelam que a obtenção alternativa de recursos, como a recuperação de créditos, tornou-se uma prioridade”, complementa Sabino.

A soma é maior que 100 porque havia a opção de assinalar mais de uma alternativa. As empresas que não tomaram nenhuma medida desse tipo somam 18%. “Isso revela que pelo menos 82% das organizações sentiram o impacto da retração econômica”, afirma Bertrand Douet, sócio-fundador da Assertif.

A pesquisa da Assertif, realizada com o apoio da Opinion Box, entrevistou 50 executivos de todo o Brasil durante o segundo semestre deste ano.  A maior parte dos decisores empresariais é da Região Sudeste (44%), seguida pelo Nordeste (24%), Sul (18%), Norte (8%) e Centro-Oeste (6%).

Assertif levanta R$ 60 milhões em créditos previdenciários para setor financeiro


O setor financeiro vive um momento crucial no mercado brasileiro. Principalmente, em razão de dois significativos sistemas em implantação no País. O primeiro é o PIX, sistema de  pagamentos instantâneos que permitirá a realização de transações em até 10 segundos. O segundo é o Open Banking, esse ainda em fase mais inicial. Porém, abrirá um leque de oportunidades de negócio ao integrar tecnologias que permitem diferentes instituições financeiras acessarem dados de um cliente.

Por conta do isolamento social em razão da pandemia de Covid-19, o uso de plataformas digitais também cresceu nos cinco principais bancos do País chegando a 76% no Banco do Brasil, segundo levantamento revelado ao jornal Estado de São Paulo. Na Sinqia, fornecedora de tecnologia financeira para oito dos 10 principais bancos do país, a venda de software no último trimestre cresceu 30%.

O setor financeiro é responsável até agora pela concessão de R$ 1,1 trilhão em empréstimos no País, sendo o principal agente da retomada econômica no Brasil. Por si só,  isso explica a necessidade dos bancos e instituições financeiras conseguirem obter o máximo de recursos para rechear seus caixas.

A Assertif já levantou R$ 60 milhões em créditos previdenciários para o setor financeiro do Brasil. Esses recursos são os valores pagos a mais em contribuições sobre remunerações que não configuram salário, tais como 1/3 de férias e licença-maternidade. “Nós fazemos um levantamento gratuito sobre a situação da instituição e, geralmente, conseguimos identificar verbas a serem recuperadas”, explica José Guilherme Sabino, sócio-fundador da Assertif.

Seu negócio com a Assertif ainda mais seguro


Fechamos contrato com uma das corretoras de seguro mais importantes do mundo: a Aon. Dentre as seguradoras apresentadas, optamos pela Argo, seguradora internacional líder em coberturas especializadas.

Não medimos esforços para proporcionar um trabalho cada vez mais seguro e assertivo. E, sem dúvida, a segurança dos nossos clientes e de todos os envolvidos no processo é um dos fatores mais importantes para a execução da nossa metodologia.

Além de toda a confiança proporcionada pelo nosso Programa de Compliance/LGPD e nosso Código de Conduta nos Negócios e Ética, agora nossos clientes contam também com um seguro E&O (erros e omissões), o que dará ainda mais confiança aos nossos serviços.

Você sabe o que a Assertif faz?

A Assertif é uma consultoria especializada na mineração de créditos previdenciários, fiscais e de depósitos recursais para organizações de todos os portes. É credenciada também como administradora judicial na gestão de falências e recuperação judicial.

Com mais 19 anos de atuação e 1.000 clientes em seu portfólio, já levantou em sua história cerca de R$ 1 bilhão para organizações como Google, Atento, TIM, Lojas Marisa, Agibank, Calçados Beira Rio, Caixa Seguradora, Lorenzetti, Hospital de Olhos do Paraná,  Diagonal, Constran, Lavitta Engenharia, Projel Engenharia, Planal Engenharia, Construtora Nhambiquaras, Skanska, Cidade Engenharia, Companhia Paranaense de Construção, Consórcio SPE, Laghi Engenharia, Legnet Engenharia, Incoeste Contruções, Minax Transportes e Construções, OTZ Engenharia, entre outras.

Confira artigos anteriores:

Assertif desenvolve programa de compliance com consultoria da P&B

Assertif completa um semestre de doações para Santas Casas

Executivos querem aprovação urgente da reforma tributária