Quando ocorre a prescrição de créditos tributários?


Crédito tributário é a efetivação de uma obrigação tributária à União, ao Estado, ao Município ou ao Distrito Federal. Quase sempre, obrigação tributária corresponde ao pagamento de tributos. São impostos, taxas e contribuições de origem federal (INSS, PIS, COFINS, IR, CSLL, IPI), estadual (ICMS) e municipal (ISS). Quando as empresas por algum motivo recolheram a mais, surge a oportunidade de reaver o montante. Isso se não ocorrer a prescrição de créditos tributários.

Isso mesmo. O problema é que esse valor pago a mais pelas empresas em tributos tem uma data limite para que possa ser resgatado. Senão, o montante prescreve. Com a prescrição, o contribuinte perde o direito à recuperação de crédito tributário. Conforme o artigo 168 do Código Tributário Nacional (CTN), o tempo estabelecido é de cinco anos.

A contagem tem início a partir da data em que o crédito tributário foi lançado, ou seja, a partir de sua constituição definitiva. Vale lembrar que a constituição definitiva do crédito não é suficiente para evitar sua prescrição. O crédito deve ser usado de forma efetiva ou solicitado dentro do prazo de 60 meses. Por esse motivo, a equipe fiscal deve ficar atenta aos prazos.

Quer saber mais sobre a prescrição de créditos tributários? Baixe gratuitamente o ebook Recuperação de Crédito Tributário, elaborado pelos profissionais da Assertif.

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *